ANGOLA MOBILE FESTIVAL

BUBACURTA é o primeiro festival angolano realizado pelo IACA, dedicado a curtas metragens de obras cinematográficas e audiovisuais produzidas em território angolano tendo como recurso exclusivo o smartphone e o tablet.

É um festival de cinema dos novos tempos, onde a qualidade de narrativa e a originalidade de abordagem funcionam sem depender de orçamentos ou de conexões com a indústria cinematográfica.

Sendo as imagens em movimento uma ferramenta que permite, também, que as comunidades combatem o analfabetismo, pois ele é facilmente absorvido e aumenta a criatividade, a abertura e a mudança positiva, além de ajudar a manter a promoção da identidade a nível comunitário.

a. Incentivar a produção de obras que contribuam para aumentar o interesse público.

b. Valorizar e difundir curtas metragens nacionais e novos criadores;

c. Despertar no público-alvo, particularmente os mais novos, o gosto pela criação cinematográfica e audiovisual;

d. Reconhecer e premiar a relevância artística de conteúdos produzidos com baixo custo;

e. Contribuir e estimular a liberdade de criação no domínio da produção cinematográfica e audiovisual;

A realização deste festival enquadra-se na necessidade que o IACA identificou de se fomentar o interesse das novas gerações pela produção cinematográfica e audiovisual de conteúdos nacionais e que sirvam, também, como veículo de transmissão de valores nas comunidades.

BUBACURTA – sob o lema «BUMBA a tua CURTA no BUBA!» é um concurso de âmbito nacional que visa premiar a criatividade dos seus participantes. O objectivo é abrir espaço para aqueles que possuem um telemóvel, uma ideia, possam dar azo a sua criatividade e serem reconhecidos. Aqui o público é protagonista!

É um concurso de tema livre que permite obras já produzidas desde o ano 2016, com a duração máxima de 6 (seis) minutos. Os participantes devem primar por conteúdos relacionados com a realidade angolana, nos mais variados aspectos, contribuindo para a evolução da indústria cultural e de entretenimento.

São admitidos os vídeos que cumprirem com os requisitos exigidos no regulamento, mediante selecção criteriosa do júri constituído para o efeito.

O BUBACURTA é um festival online. Os vídeos serão colocados online na conta do youtube do festival à medida que forem escolhidos e seleccionados.

O concurso terá uma cerimónia de encerramento onde, para além da exibição das curtas finalistas, serão anunciados os vencedores e fazer-se-á a entrega dos prémios aos respectivos vencedores, bem como os certificados de participação aos vinte (20) concorrentes mais votados. O acto está previsto para o dia 08 de Julho de 2020.

A excepção da cerimónia de encerramento, não haverá uma concentração física do festival. Como já foi anteriormente referido, trata-se de um festival on-line desde a inscrição até a votação.

A 1ª Edição do BUBACURTA tem a duração de 6 (seis) meses.

Uma das principais preocupações do BubaCurta é em relação à formação e inclusão do público em geral. E, para isso, a escolheu os profissionais e estudantes de cinema, empresas produtoras e todos interessados pela arte cinematográfica.

A pré-selecção das obras submetidas a concurso, para efeitos de exibição na plataforma YouTube e aceitação, é feita por uma Comissão designada pela Direcção do IACA com competência para o efeito, que terá a missão de seleccionar as obras mediante critérios inscritos no regulamento.

A Direcção do IACA designará um juri para a classificação final das 5 (cinco) melhores obras entre as 20 (vinte) mais votadas pelo publico. O juri será constuitido por 5 (cinco) personalidades de reconhecido mérito no dominio do cinema e audiovisual.

a. Serão premiadas apenas as 3 (três) primeiras classificadas.

b. Da decisão do juri não há qualquer tipo de recurso.

As obras que atenderem às especificações do regulamento serão colocadas online, a partir da plataforma YouTube na conta do festival denominado “BubaCurta Oficial”, para visualização e votação do público. Os 20 (vinte) filmes mais votados serão apreciados por um juri do festival para  classificação final.

Os critérios de avaliação dos 5 (cinco) vídeos mais votados terão em consideração: a originalidade do tema, a singularidade, a criatividade e a inovação.

Regulamento do BUBACURTA

1. Requisitos de participação

– Os interessados podem participar inscrevendo-se através do site do concurso (iacaconcurso.com).

– Cada participante deve concorrer com apenas 1 (uma) obra.

– Os participantes devem fornecer o nome, morada e respectivos contactos, elementos indispensáveis à participação no Concurso; a omissão e/ou inexactidão dos dados fornecidos pelos participantes são da sua única e inteira responsabilidade.

– A utilização de pseudómino é permitida desde que acompanhado da identificação original.

– Os participantes autorizam expressamente que os elementos identificativos facultados sejam tratados pelo IACA para efeitos exclusivos do presente Concurso, estando garantida a confidencialidade e segurança dos mesmos.

– A inscrição somente será efectivada com o recebimento de todos os itens solicitados.

– Os custos de produção, viagens e hospedagens dos participantes em quaisquer circunstâncias são por conta exclusiva dos concorrentes.

2. Requisitos dos videos

– Só serão admitidos a concurso as obras cuja duração se situem entre os 1 (um) e 6 (seis) minutos, incluindo genérico e ficha técnica final.

– Os videos devem ser obrigatoriamente gravados com dispositivos móveis genericamente designados por “smartphone” ou “tablet”.

– Não há qualquer restrição em relação a marca, o modelo e o sistema operacional dos dispositivos móveis “smartphone/” ou “tablet

– É permitida a utilização de equipamento adicional (tripé, luz e lentes).

– É permitida a utilização de efeitos especiais desde que os mesmos não ultrapassem 30%  da duração total do video.

– Não é permitida a utilização de imagens captadas por outros meios.

– O concurso está aberto a projectos de animação, documentário e ficção.

– É proibida a utilização de material protegido por direitos autorais a menos que haja uma autorização por escrito dos respectivos autores.

– São admitidos a concurso apenas os ficheiros com as seguintes características técnicas:

                 – Formato: mp4

                 – Qualidade do vídeo: HD

3. Considerações finais

– Não são permitidas obras cujos conteúdos violem os direitos, liberdades e garantias inscritos na Constituição da República de Angola, nomeadamente conteúdos difamatórios, pornográficos, racistas ou etnicamente ofensivos.

– No âmbito das acções de comunicação ou publicidade, relacionadas com o Concurso, os participantes autorizam o IACA a utilizar o nome ou pseudónimo.

– Ao IACA reserva‐se o direito de, a todo o tempo, suspender ou anular o presente concurso em caso de irregularidades no processo de participação, assim como por qualquer outra causa alheia ao seu controlo ou sua vontade, sem que daí possa decorrer qualquer ônus para as partes envolvidas.

– No caso de plágio ou qualquer outra acção que desrespeite os direitos de terceiros, o video será desclassificado.

– É terminantemente proibida a participação de funcionários do IACA.

© Copyright 2019 Desenvolvimento por Kwantoé